Ajude o desenvolvimento do site, compartilhando o artigo com os amigos!

Nitrogênio, fósforo, cálcio, ferro As plantas precisam de nutrientes para crescer. Se suas folhas ficarem amarelas, pode ser devido a uma deficiência!

Saiba como evitar a clorose férrica e os tratamentos naturais para combatê-la.

O que é clorose férrica?

A clorose significa uma deficiência para uma planta. Como tal, existem diferentes cloroses que afetam várias plantas. A clorose férrica é a f alta de ferro. Ou é uma verdadeira f alta de ferro no solo. Ou a planta, por diversos motivos, não consegue assimilar o ferro presente no solo.Se falamos frequentemente de azoto, fósforo e potássio, como sendo os três elementos essenciais para o desenvolvimento das plantas, não podemos esquecer o ferro! Com efeito, este micronutriente entra na composição do pigmento verde necessário à clorofila. As plantas precisam dele em quantidades muito pequenas, mas ainda é essencial.

Quais plantas são afetadas pela clorose férrica?

Vinha, pêssego, pêra, rosa, groselha e frutas cítricas são sensíveis a essa deficiência. Este também é o caso das urzes, que estão acostumadas a crescer em solos ácidos. Se forem cultivadas em solo muito básico, o ferro não pode ser absorvido adequadamente.

Quais são os sintomas?

  • As folhas clareiam e ficam amarelas, mas as veias permanecem verdes
  • A planta está murcha, não se desenvolve bem
  • Algumas folhas tornam-se necróticas e caem

Evitar o aparecimento de clorose férrica

Antes de tudo, é importante entender a origem do problema. Esta deficiência ocorre devido a:

  • Solo muito úmido ou muito seco que impede a assimilação do ferro
  • Uma terra calcária
  • Solo naturalmente pobre em ferro

Se sua terra estiver pesada e alagada, você terá que trabalhar sua terra para clareá-la, principalmente com areia. Um solo muito seco, por outro lado, se beneficiará com a cobertura morta e o enriquecimento. Para rosas e árvores frutíferas, use um porta-enxerto que cresça em solo calcário. Se o seu solo for calcário, escolha plantas adequadas, elas só ficarão mais bonitas. Você ama plantas de urze? Prefira plantar em vasos. Em relação aos vasos de plantas, lembre-se de dar-lhes fertilizantes naturais regulares.De fato, se você não fornecer a eles os nutrientes presentes no solo para vasos não são renovados como no solo, você mesmo terá que fazê-lo. Se o seu solo for naturalmente pobre em ferro, ele precisará ser enriquecido por meio de tratamentos naturais. Esquecemo-nos do sulfato ferroso que não é autorizado na agricultura biológica. Além disso, é irritante para as vias respiratórias, olhos e pele.

Tratamentos naturais

Estrume de urtiga:

Estrume de urtiga é um coquetel explosivo de nutrientes. Enriquece o solo com azoto mas também com ferro! Adquira o hábito de regá-la uma ou duas vezes por mês, na base das plantas propensas à clorose. Dilua 10-20% em água da chuva, também favorecerá o crescimento de suas plantas. Este anticlorose natural também tem a vantagem de repelir insetos nocivos, se for pulverizado nas plantas.

Quelatos de ferro:

Essas moléculas aprisionam o ferro e o tornam assimilável pelas plantas. Este tratamento funciona como um suplemento de ferro que rapidamente deixa as folhas verdes. É eficaz, mas ainda assim bastante efêmera. Ele pode salvar uma planta deficiente, mas você terá que pensar em encontrar a origem do problema para poder tratá-lo na fonte.

Para descobrir:

  • Sulfato de cálcio: um fertilizante fácil de gesso no jardim

Ajude o desenvolvimento do site, compartilhando o artigo com os amigos!

Publicações Populares